Cidades mais seguras do Brasil para se morar

A violência no Brasil é reivindicada como um dos maiores desafios que o país precisa superar. Neste artigo, veremos as capitais de estado mais seguras do Brasil.

Muitos aspectos podem ser medidos para definir quão violentos ou quão segura é uma determinada cidade, estado ou país. Mesmo assim, as taxas de homicídios e o número total de homicídios ainda são os melhores parâmetros para realizar essa classificação. Quando comparado a outros países, o Brasil é classificado como alto em ambos os aspectos.

Historicamente, os índices de homicídio aumentaram e diminuíram irregularmente desde o início deste século. De acordo com o Mapa de Violência do Brasil, o número de homicídios por 100.000 habitantes no Brasil foi de 28,5 no ano de 2002. Em 2007, a taxa caiu para 25,2. Em 2012, no entanto, a taxa aumentou novamente para 29, a taxa mais alta durante o século.

É importante dizer que essas classificações foram desenvolvidas levando em consideração a taxa de homicídios e o número total de homicídios nas capitais dos estados.

Capitais mais seguros por taxa de homicídio

A taxa de homicídios refere-se à quantidade de homicídios que ocorrem em um ano em uma base fixa de habitantes. No caso a seguir, a referência é de 100.000 habitantes.

  1. Florianópolis (estado de Santa Catarina)

A cidade de Florianópolis tem uma taxa de 15 homicídios por 100.000 habitantes. É a capital brasileira com a mais alta qualidade de vida.

  1. São Paulo (estado de São Paulo)

São Paulo é uma das cidades mais poderosas do continente do ponto de vista econômico. Tem uma taxa de 15,4 homicídios por 100.000 habitantes.

  1. Rio de Janeiro (estado do Rio de Janeiro)

O Rio de Janeiro é considerado uma cidade violenta por algumas pessoas. A taxa de homicídios no Rio de Janeiro é de 21,5 por 100.000 habitantes.